Contato

BRASIL +55 11 98396-2721

©2018 by SophiaRH.

  • Dr. Thiago O. dos Santos

Assédio profissional

Mais comum do que se imagina, o Mobbing reflete um ambiente tóxico cujos prejuízos são inúmeros, da queda da produtividade a evasão em massa de talentos.


Em 2011 palestrei sobre Mobbing em uma série de empresas.

Este conceito foi proposto inicialmente em estudos com gaivotas e pode ser definido como um ataque coletivo direcionado a um alvo considerado perigoso.


Já no ambiente organizacional é um fenômeno no qual um individuo ou grupo exerce violência psicológica, repetidamente e por tempo prolongado com a finalidade de destruir as redes de comunicação, a reputação, e de perturbar a execução de trabalho, conseguindo finalmente que a pessoa acabe abandonando o trabalho.


Se traçarmos um paralelo com o mundo animal, vemos N semelhanças, o agressor tende a agir desta maneira para minar as competências de seu “colega” a fim de se proteger de possíveis ameaças a seu posto.


Assim, este comportamento pode ser entendido como uma reação do indivíduo a uma ameaça potencial existente no ambiente de trabalho, da mesma maneira que os animais reagem à presença de um predador.


Desfecho:

Cria-se um conflito cuja ação visa à manipulação da pessoa no sentido não amigável. As consequências são inúmeras, de ações trabalhistas, queda na produtividade, perda de clientes, evasão de talentos, etc.

Para as vítimas ficam as seguintes questões:

Quantas vezes não deixamos de crescer profissionalmente por conta deste tipo de situação? Quantas vezes não nos sentimos impedidos de contribuir e aparecer por medo de fofocas, exclusões e situações desagradáveis?

Então pelo bem de nossa carreira e saúde, prestemos atenção a este tema.

13 visualizações