Contato

BRASIL +55 11 98396-2721

©2018 by SophiaRH.

  • Dr. Thiago O. dos Santos

Devaneios sobre "entrevistas de emprego"


Muita gente se sente nervosa e ansiosa diante das possíveis perguntas que  lhe serão feitas, planejam o que dizer e muitas vezes gaguejam.


Uma  infinidade  de fontes (sites, revistas, televisão e etc) nos dizem para mantermos a calma  e agirmos como se estivéssemos vendendo o produto que mais conhecemos e em parte estão corretas.


No entanto a ideia da entrevista é conhecer um pouco a respeito do nível técnico do candidato e da sua personalidade, então cuidado com mentiras, elas podem ser ruins para ambas as partes.


Existem basicamente dois tipos de entrevista:

1. Interpretativa: Visa  conhecer as pretensões gerais do candidato, como visão de futuro, desejos,  planos e etc;

2. Objetiva: Busca entender o que o candidato esta disposto.


Muitas vezes o erro esta em respondermos perguntas objetivas imaginando que são interpretativas ou hipotéticas. Ao ouvirmos: “Como você lida com grande fluxo de trabalho e pressão?” a pessoa que o questionou quer saber disto porque provavelmente este será o ambiente de trabalho que você encontrará pela frente, então fique atento.


Então o melhor é entender a empresa e se deixar ser entendido por ela, afinal uma vez contratado o candidato passa a estabelecer uma relação de troca com a organização, na qual ambos terão que ser transparentes, ou seja, se a relação começou com mentiras, convenhamos que transparência será algo difícil de se conquistar.